sexta-feira, 30 - outubro - 2020

O Tempo não Apagou

Este 2º livro de Aralúcia Leão Rocha, “O Tempo não Apagou”, foi lançado em 2009, no Restaurante Tempero de Minas (Praia do Lapeiro – Rio Preto).

O Tempo Não Apagou

Quando se ama a Terra natal, qualquer personagem ou fato histórico relacionado a ela torna-se grandioso, divino e inalcançável (ou semelhante a isso), nos aguça a imaginação, nos faz querer cada detalhe; brota um agradável sentimento de saudade até mesmo pelo que não sabemos.

Agora, já pensou se, você que se identificou acima, tivesse a oportunidade de saber de variadas histórias da sua Terra natal e do seu povo, tudo reunido num só livro? Pois você, riopretano, sortudo e agraciado, tem essa rica oportunidade em “O Tempo não Apagou”, graças ao empenho e trabalho a fio da sua conterrânea Aralúcia Leão Rocha.

“A obra dispensa qualquer apresentação. Ela se impõe como fonte de pesquisa e como compêndio literário. Que estejamos à altura do banquete literário que Aralúcia Leão Rocha nos oferece em ‘O Tempo não Apagou’!” (Trecho da apresentação do livro feita por Jurandir Nascimento de Jesus, então Presidente da ALAD – Academia de Letras e Artes de Diamantina.)

Você já ouviu falar do Coronel Saturnino? E do Coronel João Batista? Talvez do senhor Joviano Augusto Leão (“Joviano: o Mártir!”)? Todos riopretanos! Nenhum deles o tempo apagou, “estão” nesse adorável livro.

O livro é uma linha textual do tempo histórico riopretano, desde o despontar do arraial (século XVIII) até a biografia do décimo primeiro prefeito (Ricardo Rodolfo Rocha), passando pela origem da Marujada, personagens, lugares, acontecimentos e fatos históricos importantes, famílias Leão, Amador dos Santos, Almeida, Souza, Pires, Souto, Rocha e Caldeira Brant, enfim, o livro nos esparge de informações, nos faz imaginar o passado de nossa Terra amada e trilhar o saudosismo (abaixo, consulte o sumário digitalizado do livro para entrever o que ele oferece). Além de apresentar poesias e excertos literários de vários riopretanos (fiquei engrandecido com o convite e tenho imensa satisfação de ter participado com o meu soneto “Amada”, p. 134).

Para baixar as suas 7 páginas iniciais, incluindo o sumário – (1,75 MB):

Baixar

Aralúcia passou 4 anos escrevendo esse livro, pesquisando em diversos locais e entrevistando várias pessoas. Segundo a mesma, o livro é 90% verídico, no que ela o floreia com a ficção também.

O livro “O Tempo Não Apagou” pode ser adquirido por R$ 30,00 (trinta reais), na Casinha de Cultura (Rio Preto) ou com a própria autora (restam apenas 50 exemplares – 8-1-2015).

Clique aqui para saber mais sobre a escritora e poetisa Aralúcia Leão Rocha.

Sobre Diego Emanuel

Riopretano, poeta e programador. Acredita que o mundo melhor começa em nós mesmos, e que será construído com cada ser humano pensando o bem a qualquer outro – caminho para a felicidade individual -, com educação, trabalho que liberta e automação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *